Bsbart

Lançamento simultâneo de 3 livros com ênfase no decolonialismo

livros de decolonialismo

Jorge Amancio, Dlaman Kobina e Cristiane Sobral se reúnem para lançar seus livros num sarau literário, com sessão de autógrafos, a se realizar no Café Bouganinville esta semana.

O leopardo que mata moscas inoportunas, Jorge Amancio

Poesia, ed. aldeia de Palavras, Brasilia, 2023.

Esta publicação conta com um rol de poemas de louvor aos orixás inspirados nos Orikis, textos orais poderosos aos ancestrais da tradição ioruba, obra de autoria do poeta Jorge Amâncio. Pouco a pouco, a população negra brasileira, com mais de cem milhões de cidadãos, segundo as últimas estatísticas mais da metade do contingente populacional, têm enfrentado o desafio de representação na cultura, na política e na economia com mais equidade. É tempo de enfim ocupar o protagonismo devido e tomar posse de um conhecimento que foi negado durante séculos: o direito de contar as próprias histórias, uma vez que os Orikis também incorporam histórias tradicionais. Para a Editora Aldeia de Palavras, publicar “O leopardo que mata moscas inoportunas”, confirma a nossa missão institucional de produzir obras para anunciar outros caminhos para a literatura nacional.

Quando em Kush, poesia, Ed. Aldeia de Palavras, Brasília, 2023.

Quando em Kush” é uma obra poética enraizada no vasto legado das histórias e culturas africanas. Dlaman Kobina, com maestria, abre portais para as complexas dimensões da existência de pessoas negras, especialmente na Diáspora. Como sussurros ancestrais acariciando os ouvidos daqueles descendentes do sol, o livro se desdobra em quatro seções distintas: Lwandle (mar); Benada (terça-feira); Luu (sopro da vida); Amasosha (soldados). Cada seção é uma jornada sensorial que evoca profundas sensações, emoções e pensamentos, explorando temas que variam de território e reinos africanos a política, afeto, masculinidades negras, família e afronta em um estado de sitiamento da existência negra. “Quando em Kush” não é apenas um livro de poesia; é um convite para a riqueza e a complexidade da experiência negra em suas várias nuances.

Caixa Preta, Cristiane Sobral, contos, Ed. Me Pariô Revolução, SP, 2023. 

Caixa Preta reúne 16 contos de Cristiane Sobral. São histórias de amor e de luta, escritas com um lirismo sarcástico que ora nos faz rir, ora nos faz derramar lágrimas de emoção.

Cristiane Sobral, renomada autora brasileira, é uma voz essencial na literatura afro-brasileiraBiografia: Cristiane Sobral nasceu na zona oeste do Rio de Janeiro, no bairro Coqueiros, em 1974. Atualmente, reside em Brasília. É Coordenadora de Políticas Públicas e Territórios Educativos na Secretaria de Formação, Livro e Leitura do Ministério da Cultura. Mestre em teatro com pesquisa sobre os teatros negros brasileiros, atriz, dramaturga, poeta e professora.

Iniciou sua jornada artística em 1989, participando de um curso de teatro no Rio de Janeiro, que culminou no espetáculo “Cenas do Cotidiano”. Em Brasília, tornou-se a primeira atriz negra a se formar em Interpretação Teatral pela Universidade de Brasília

Tem 11 livros publicados em vários gêneros

Palestrou em nove universidades estadunidenses, inclusive em Harvard. Em 2022, foi finalista do prêmio Jabuti de literatura. Em 2023, representou o Brasil como escritora na Feira do Livro de Maputo. Seu espetáculo de teatro mais recente é Esperando Zumbi.

o     “Terra Negra”: Coletânea de contos publicada pela Ed. Malê, RJ, em 2017, foi escolhida como leitura obrigatória do vestibular de Uberlândia em 2023 e 2024

o    Participou de diversas antologias, incluindo “Cadernos Negros, três décadas: ensaios, poemas, contos” e “Cadernos Negros ‘Black Notebooks’”, esta última com volumes em prosa e poesia editados nos Estados Unidos.

·         Atuação e Resistência: Além de sua produção literária, Sobral esteve envolvida em projetos teatrais, cursos de expressão e homenagens a figuras literárias importantes. Sua decisão de não aceitar mudanças que esvaziariam o sentido de sua escrita revela sua concepção do fazer literário como uma forma de resistência e enfrentamento.

Cristiane Sobral é uma voz poderosa que enriquece a literatura brasileira com sua perspectiva afrodescendente e feminina. 

Seção de autógrafos e sarau com os autores

Dia 8/02/2024, a partir de 19h

Entrada franca

Local: Café Bougainville – SCLN 312, Bloco A, Loja 52 – Asa Norte – Brasília DF

Mídias relacionadas:

No Site BSB Art você encontra informações sobre Teatro, Exposiçõe, Cinema, Livros e muito mais.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

iphone 15 pro
banner iphone
banner iphone